• Diamantino, 20/04/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
IFMT

Ministério Público investiga servidores do IFMT; professores são alvos 253


Fotografia: Rogério Florentino Pereira/ Olhar Direto

O Ministério Público Federal instaurou quatro inquéritos para investigar irregularidades cometidas por servidores do Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT). Alguns professores são alvos dos procedimentos.

Conforme portarias assinadas pelo procurador da República Marcellus Barbosa Lima, um dos inquéritos investiga acúmulo indevido de cargos por servidores do IFMT que exerciam dois ou mais cargos, empregos ou funções inacumuláveis.

O segundo inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que ocupavam a posição de sócios administradores em empresas privadas.

O terceiro inquérito investiga o acumulo indevidos de cargos públicos por servidores ativos do IFMT que exerciam emprego privado cuja jornada é incompatível com o serviço público.

O quarto inquérito investiga o acúmulo indevido de cargos públicos por professores do IFMT em regime de dedicação exclusiva.

Os procedimentos são embasados por relatórios da Controladoria Geral da União. Não foi divulgado prazo para encerramento dos inquéritos.

Veja também

ATÉ 4 DE MAIO INSS convoca para perícia 152 mil beneficiários de auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez
SUSPENSO Santa Casa suspende atendimento pelo SUS e Prefeitura promete repasse até sexta
PAVIMENTAÇÃO DA MT-130 Fiscalização do TCE evita sobrepreço e reduz edital em R$ 4,3 mi
ELEIÇÕES A seis meses do 1º turno, eleitor tem 30 dias para transferir, atualizar ou emitir título eleitoral
HOJE Termina hoje prazo para servidores interessados em concorrer às eleições
TOMBOU NO RIO Carreta cai de ponte e cerca de 20 bois morrem afogados
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados