• Diamantino, 10/12/2018
  • Dólar: R$
  • Euro: R$
  • Fonte Yahoo Exchange
INVESTIGAÇÃO

Delegado que investiga atentado à UPA aguarda conclusão de laudos e autorizações judiciais 385


Fotografia: Rogério Florentino Pereira/OD / Reprodução

O delegago Marcelo Jardim, responsável pelas investigações sobre o tiroteio e tentativa de resgate a um preso na UPA da Morada do Ouro no último dia 13, disse que ainda aguarda a conclusão de laudos da perícia e também autorizações judiciais para dar andamento nas investigações. No entanto, ele não quis dar mais informações, para evitar que as apurações sejam prejudicadas.

No último dia 13 de fevereiro, bandidos armados invadiram a UPA da Morada do Ouro em Cuiabá, na tentativa de resgatar um preso que recebia atendimento no local. Ao todo cinco pessoas ficaram feridas no atentado e todas sobreviveram.

Cerca de uma semana depois, no dia 19, três pessoas foram presas no bairro CPA 2 em posse de várias armas e dois veículos. A PM logo suspeitou que o trio teria envolvimento no tiroteio da UPA.

O delegado Marcelo Jardim havia confirmado ao Olhar Direto que as munições encontradas com os três suspeitos presos são do mesmo calibre das encontradas na UPA no dia do atentado. Ele também suspeita que um dos veículos encontrados com o trio seria o que foi utilizado no atentado. Estas informações, no entanto, seguem sendo apuradas.

O jovem de 18 anos, identificado como L.H.O., uma mulher de 27, identificada como D.M.C., e um jovem de 23, identificado como L.B.B., foram presos no dia 19. A mulher de 27 anos acabou sendo solta após passar por audiência de custódia. Já os dois jovens permaneceram presos.

Jardim afirma que ainda tenta encontrar as provas para identificar todos os envolvidos e esclarecer qual foi a participação de cada um no crime. Neste momento, ele afirmou que aguarda a conclusão de laudos da perícia e autorizações judiciais para dar prosseguimento no caso.

No entanto, ele afirmou que prefere não dar mais informações para não prejudicar as investigações, já que o bando estaria sensível à movimentação da polícia.

Veja também

MÃO DUPLA Diamantino é citada em esquemas de venda de Carteira de Habilitação
CRIME Homem foi preso com motocicleta furtada em Nobres
MÃO DUPLA Exames são suspensos após operação no Detran-MT
EM NOVA MUTUM Bombeiros socorreram 20 vítimas de tentativas de homicídio
EM DIAMANTINO Presidente do Sintep Cuiabá e secretário morrem em acidente
NESTA SEGUNDA Atendimento à Mulher passa a vigorar em Diamantino
Publicidade

Copyright © 2013 - 2018 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados