Quinta-feira, 23 de maio de 2024
informe o texto

Notícias Política

DEMARCAÇÃO DE TERRAS

Congresso deve derrubar nesta quinta-feira veto de Lula sobre o Marco Temporal

Sessão conjunta com deputados e senadores podem rever decisão do presidente da República.

Congresso deve derrubar nesta quinta-feira veto de Lula sobre o Marco Temporal

Foto: Pedro Ladeira

O Congresso Nacional, em sessão conjunta das duas Casas Legislativas Federais, analisa nesta quinta-feira (09) o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao Projeto de Lei 2903/2023, que estabelece a data da promulgação da Constituição como Marco Temporal para a delimitação de terras indígenas no Brasil.

“O presidente Lula, (...) decidiu por vetar o marco temporal, respeitando integralmente a Constituição Brasileira, inclusive as decisões recentes do STF sobre constitucionalidade sobre esse tema”, afirmou o ministro Alexandre Padilha, naquela altura.

 

O PL foi aprovado pelo Congresso Nacional no dia 27 de setembro. Uma semana antes da aprovação no Legislativo, porém, o Supremo Tribunal Federal (STF) tinha invalidado a tese do Marco Temporal.

 

 

Na ocasião, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), negou que a aprovação do projeto fosse uma forma de afrontar o STF.

 

 

Como é previsto na Constituição, quando o chefe do Executivo Federal veta parcial ou integralmente um projeto de lei aprovado no Congresso Nacional, os deputados e senadores precisam decidir se mantêm o veto ou se ele é derrubado. Isso ocorre por meio de votação.

 

 

A Constituição determina que são necessários pelo menos 257 votos de deputados e 41 votos de senadores para derrubar um veto presidencial. O Marco Temporal foi aprovado com 283 votos na Câmara e 43 no Senado.

 
Sitevip Internet