Domingo, 23 de junho de 2024
informe o texto

Notícias Polícia

AUTOR DE CHACINA

Maníaco de Sorriso é isolado de outros detentos na PCE para garantir sua segurança

Penitenciária é "casa" de outros acusados de crimes brutais em Mato Grosso, como o autor da chacina de Sinop

Gilberto Rodrigues dos Santos, que chocou o estado por confessar a autoria de uma chacina contra uma família em Sorriso (396 km de Cuiabá), foi transferido à Penitenciária Central do Estado na quinta-feira, 30 de novembro, por decisão da Justiça. Por procedimento padrão, Gilberto está em uma cela individual e isolado dos demais reeducandos, para garantir sua segurança.

Conforme informado pelo jornal Estadão Mato Grosso (CLIQUE AQUI), o juiz Walter Tomaz da Costa, da Vara Criminal de Sinop, determinou a transferência de Gilberto para manter sua integridade física. Gilberto estava detido dentro da penitenciária Osvaldo Florentino Leite, o “Ferrugem”.

 

“Nessa conturbada situação apresentada é de muito bom alvitre que ele seja recambiando para um local de maior segurança. Embora não seja impossível manter a incolumidade física dele na unidade prisional que está atualmente, ainda assim determino que ele seja transferido incontinenti para a Penitenciária Central do Estado, a ser alocado no raio 08, existindo vagas”, diz trecho da decisão.

CRIMINOSOS ENJAULADOS

Atualmente, a Penitenciária Central do Estado (PCE) é o presídio mais seguro de Mato Grosso e abriga vários indivíduos responsáveis por crimes bárbaros e líderes de facções criminosas. Alguns personagens famosos como Edgar Ricardo de Oliveira e o ex-policial Almir Monteiro dos Reis também estiveram isolados dentro da PCE após serem presos.

Edgar é autor da chacina de Sinop, onde sete pessoas foram mortas com tiros de escopeta em um bar, entre elas uma criança de 12 anos. O crime chocante, registrado na Quarta-Feira de Cinzas deste ano, ganhou comoção nacional e Edgar foi isolado também para manter a sua integridade física.

Outro autor de um crime brutal que está em uma cela separada dos outros detentos é o ex-policial militar Almir Monteiro dos Reis, de 49 anos. Ele é o responsável pelo estupro e feminicídio da advogada Cristiane Castrillon da Fonseca Tirloni, na madrugada do dia 13 de agosto deste ano.

À época da prisão, o juiz Geraldo Fidélis, da 2ª Vara Criminal de Cuiabá, chegou a determinar a transferência imediata do ex-policial para a Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães, com objetivo de resguardar sua integridade física. Cinco dias depois, no entanto, Almir voltou à PCE, onde segue desde então.

O MANÍACO DE SORRISO

Gilberto é o autor do crime que traumatizou a cidade de Sorriso (397 km de Cuiabá) nesta semana. Durante a madrugada de sexta (24) para sábado (25), ele invadiu a residência e matou Cleci Calvi Cardoso, de 46 anos, e suas três filhas, Miliane (19), Manuela (13) e Melissa (10). Além de matar as vítimas a facadas, o suspeito confessou que abusou sexualmente delas. Apenas Melissa teria sido poupada dos abusos.

Os corpos foram encontrados na manhã de segunda-feira (27) e Gilberto foi preso logo em seguida. Ele trabalhava numa construção ao lado da casa das vítimas.

Estas não são as primeiras vítimas do criminoso. No Maranhão, ele é acusado por estupro. Já no município de Rio Verde, em Goiás, ele teria cometido um latrocínio, roubo seguido de morte.

Em Mato Grosso, no município de Lucas do Rio Verde, o criminoso estuprou uma mulher e quase a assassinou, nos mesmos moldes usados contra a família de Cleci. Ele só não conseguiu matar sua vítima porque a mãe dela interviu.

 
Sitevip Internet