Sábado, 13 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Polícia

ALTO PARAGUAI

PM de Alto Paraguai apreende suspeitos de envolvimento em homicídio com auxílio de câmeras do Vigia Mais MT

O crime ocorreu na noite de quarta-feira (31.01) e dois adolescentes que participaram foram apreendidos nesta quinta-feira (01.02).

 

Imagens captadas por uma câmera do programa Vigia Mais MT, da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), ajudaram a Polícia Militar a identificar os três autores de um homicídio registrado em Alto Paraguai (200 km de Cuiabá). O crime ocorreu na noite de quarta-feira (31.01) e dois adolescentes que participaram foram apreendidos nesta quinta-feira (01.02).

A PM checou as imagens da Segurança Pública e descobriu a identidade dos adolescentes. Abordados em uma residência no bairro Centro, eles contaram que um suspeito identificado pelas iniciais C.D. (que está foragido) teria determinado que eles atraíssem a vítima para uma emboscada a fim de executá-la.

Os adolescentes, então, venderam R$ 100 em entorpecente para a vítima e combinaram o ponto de entrega. Os suspeitos foram ao local e, quando a vítima se aproximou, o suspeito que está foragido atirou e matou o rapaz. Conforme o registro da câmera de segurança, o trio chega a pé ao local do crime e a vítima também. Segundos depois, a vítima é morta a tiros.

Após o homicídio, os adolescentes fugiram para casa, onde foram apreendidos. No local também havia um casal de adolescentes que usava droga naquele momento. O casal disse ter conhecimento do crime e foi apreendido com uma porção de maconha. A PM também prendeu um suspeito de 19 anos em outra casa. Ele teria ajudado a esconder a arma usada no homicídio.

Os cinco suspeitos, que também seriam membros de uma organização criminosa, foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil, que continuará as investigações. As buscas pelo foragido também permanecem.

 

Monitoramento

 

O programa Vigia Mais MT foi lançado pelo governador Mauro Mendes e pelo secretário de Segurança Pública, coronel César Augusto Roveri, em 2023. Em todo o estado serão distribuídas 15 mil câmeras entre fixas, speed domes e OCRs (que permitem a leitura de placas de veículos).

O investimento aproximado é de R$ 30 milhões

 
Sitevip Internet