Sábado, 13 de julho de 2024
informe o texto

Notícias Cidades

ELEIÇÕES 2024

Confronto será de direita nas eleições municipais em Lucas

Diferentemente do que ocorreu nas últimas eleições, Lucas do Rio Verde não deverá ter uma disputa tão polarizada no pleito deste ano entre o grupo do vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) e do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro (PSD).

 

Isso porque o atual prefeito Miguel Vaz (Republicanos) vem conseguindo construir um arco de alianças, com o União Brasil do governador Mauro Mendes, além o PRD, Novo, Federação, PSDB e Cidadania e PSB, e com conversas avançadas com o MDB. Diferentemente do PSD de Fávaro que está apático. Para completar, o ministro enfrenta problema com o ex-deputado Neri Geller (PP), também com base eleitoral no município.

 

‘Estamos confiantes com esse importante arco de alianças, e vamos focar nossa campanha em propostas de acordo com os indicadores que mostram que nossa gestão avançou em diversas áreas’, disse Vaz. O prefeito é conhecido como afilhado de Pivetta, já que foi seu vice entre 2013 e 2016 no município, e é responsável por ter dado uma oxigenação no grupo do vice-governador no município.

 

Já pelo lado do PSD, o ex-prefeito Luiz Binotti, ainda não decidiu se disputará as eleições deste ano ou se apoiará um outro nome contra Miguel Vaz.

 

‘Ainda estamos analisando toda a conjuntura. Pode ser que o Binotti seja candidato sim’, se limitou a dizer Fávaro. Binotti venceu a disputa contra Pivetta nas eleições de 2016. Já em 2020 foi derrotado em sua tentativa de reeleição por Miguel Vaz. Outra pré-candidatura estabelecida é do empresário Cristiano Ossuchi (PL). Com aval do deputado estadual Gilberto Cattani, Cristiano afirmou que pretende fazer uma disputa leal e sem ataques ao atual prefeito.

 

‘Nós vamos debater propostas e vamos apresentar nossos princípios. Cristiano foi lançado no início do ano como pré-candidato pelo deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP), filho do ex-presidente Bolsonaro. Apesar do apoio dos bolsonaristas, Vaz acredita que a polarização nacional não irá pautar o debate eleitoral em Lucas.

 

‘O Republicanos também é um partido de direita, eu apoiei Bolsonaro em 2022. Acho que a população sabe diferenciar o que realmente está em debate no município’, finalizou.

 
Sitevip Internet