• Diamantino, 26/02/2021
FAIXA EXCLUSIVA

Cuiabá começa aplicar multas na Fernando Correa

O uso indevido da faixa exclusiva pode acarretar em uma multa de R$ 293


A Secretaria de Mobilidade Urbana encerra na próxima quarta-feira (20) o funcionamento orientativo da faixa exclusiva de ônibus, implantada na Avenida Fernando Corrêa da Costa. No total, o período teve duração de mais de três meses, tempo considerado necessário para que os condutores se adaptassem à alteração promovida na via.


A partir dessa data, aqueles que forem flagrados desrespeitando os horários estabelecidos serão autuados por esse tipo de infração. O uso indevido da faixa exclusiva pode acarretar em uma multa de R$ 293, além de sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação, por ser considerada uma infração gravíssima.


“Fizemos uma grande divulgação, com matérias no site da Prefeitura e também na imprensa, vários ônibus circulam com a mídia da campanha, também instalamos faixas aéreas ao longo da via com as orientações. Agora, aquele que receber a notificação, deve ficar ciente que infringiu uma regra de trânsito”, explica o secretário de Mobilidade Urbana, Antenor Figueiredo.


Diferente daquelas já implantadas em outras avenidas, a faixa exclusiva de ônibus da Fernando Corrêa da Costa é a primeira a funcionar em um modelo que atende os horários de pico, divididos entre o turno da manhã e da tarde. Sendo assim, o horário de proibição é de segunda a sexta-feira, das 6h as 08h30 e das 16h30 às 19h. Aos sábados das 6h às 8h30. Segundo o Código de Trânsito, podem circular pelas faixas, durante os horários de restrição, os ônibus, táxis, ambulâncias, viaturas policiais e vans escolares, devidamente vistoriados pela Semob.



Para evitar a aplicação de multa, o fluxo dos veículos nas faixas só é permitido para fazer a conversão à direita e deve ser feito ao fim da linha contínua, onde começa a linha tracejada ou sinalizando que vai entrar na próxima quadra. O acesso à faixa exclusiva também é permitido para entrar em residências ou estacionamentos.


“Vários pontos da faixa já sugerem essa possibilidade, por meio do seu seccionamento, nos casos em que os motoristas precisarem acessar algum comércio ou residência, por exemplo, só que notamos que há muitas dúvidas em relação a isso. Nesses casos, o motorista pode fazer o uso da faixa, mas sinalizando a rota que vai entrar. Os agentes que estarão fiscalizando estão de olho nos condutores que usam a faixa como rota de fuga, como pista livre”, explica o diretor de Transportes da Semob, Nicolau Budib.


Conforme o secretário, a criação de mais uma faixa fortalece o transporte coletivo e ajuda na circulação, visto que a velocidade média dos ônibus aumenta, passando de 13 km por hora para 24 km/hora. “Disciplina o trânsito, pois acaba com aquela disputa de espaço. Melhora também a frequência e diminui o tempo de espera do usuário no ponto”, aponta o secretário Antenor.


FLUIDEZ NO TRÂNSITO


Os corredores foram implantados com o objetivo de proporcionar maior celeridade e com isso menos atraso nos horários estipulados para cada linha de ônibus. Desde a implantação, segundo estudos, a medida praticamente acabou com os atrasos nesses pontos situados nas vias contempladas. Só na Avenida do CPA, conforme a pasta, houve 30% de otimização de chegada entre o terminal de ônibus do CPA I até o Centro da cidade.


Atualmente, Cuiabá conta com faixas exclusivas nas principais avenidas da cidade: Getúlio Vargas, Isaac Póvoas, Generoso Ponce, Tenente Coronel Duarte (Prainha) e Historiador Rubens de Mendonça (mais conhecida como CPA).

Veja também

TRANSPARENCIA Site da Prefeitura tem seção com informações da pandemia
COLETA SELETIVA Vice-prefeito recebe empresários para tratar da coleta seletiva de resíduos sólidos
DIAMANTINO Diamantino ultrapassa a marca de 1 mil recuperados da Covid-19
SEGURANÇA Prefeito recebe comandantes da PM e Corpo de Bombeiros
DIAMANTINO Prefeitura de Diamantino publica novo Decreto estabelecendo novas regras para o comércio
DIAMANTINO Prefeitura de Diamantino reduz horário atendimento ao público
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados