• Diamantino, 18/04/2021
DIAMANTINO

Prefeitura de Diamantino publica novo Decreto estabelecendo novas regras para o comércio

Medida leva em consideração a ocupação dos leitos de UTI no Estado e passa a valer a partir desta segunda-feira (25.01).


A Prefeitura Municipal de Diamantino publicou novo Decreto editando as medidas restritivas de enfrentamento ao novo coronavírus, reduzindo o horário de funcionamento de bares e congêneres e regulando o funcionamento das escolas particulares. As medidas passam a valer a partir desta segunda-feira (25.01) por tempo indeterminado.


Até a última sexta-feira (22.01) o município tinha confirmado 909 casos de pessoas infectadas pela doença com 42 casos ativos e 62 sob investigação, destes 4 estão internados em leitos de UTI, sendo dois pacientes em Nova Mutum, 1 em Cuiabá e outro em Várzea-Grande. Diamantino tem 21 mortes causadas pela doença.


O Decreto 08/2021, foi editado com base nas medidas tomadas pela Secretária de Estado de Saúde (SES) e disciplina a volta às aulas e atividades nas escolas particulares no município que devem seguir a modalidade híbrida, (presencial/remota), incluindo cursos, palestras e convenções, desde que cumpram os requisitos mínimos sanitários, com higienização e distanciamento. Ainda haverá a necessidade de que os pais de alunos menores do que 18 anos, pactuem com o termo de responsabilidade que esclarece os riscos de possível contaminação.


Os bares, restaurantes e congêneres terão o limite de horário reduzido para às 22 horas, porém, poderão realizar eventos com música ao vivo para no máximo 50 pessoas desde que se respeite o limite de 30% da capacidade máxima do local, ou seja se o estabelecimento tem a capacidade para 100 pessoas, poderá durante a vigência deste decreto receber o total de 30 clientes.


Esses estabelecimentos deverão estar em conformidade com os, protocolos sanitários, disponibilizando meios para a higienização com álcool 70% e aferimento da temperatura corporal dos clientes na entrada do estabelecimento, além de realizar a constante limpeza das superfícies de contato antes e depois do uso de cada cliente.


As igrejas poderão realizar missas e celebrações religiosas no interior de seus estabelecimentos respeitando também as medidas de controle sanitário, porém com a capacidade máxima permitida de 50% da capacidade, disponibilizando também produtos para a higienização com álcool 70% e água e sabão.

Veja também

CONTRARIADO Mauro vai sancionar projeto e joga para deputados culpa sobre retorno às aulas
AGLOMERAÇÃO Covid-19: Saiba como denunciar aglomerações e outras infrações
BOM SINAL Diamantino reduz velocidade no contágio após medidas restritivas
DIAMANTINO Diamantino ganha destaque na AL com recursos para reforma de escolas
DIAMANTINO Cooperativa Sicredi vai destinar R$ 5 milhões para ações de combate à pandemia em Diamantino e mais 14 municípios
UM ANO Um ano após 1ª morte por Covid, doença está mais letal e mata também os jovens
Publicidade

Copyright © 2013 - 2021 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados