• Diamantino, 28/03/2020
VIAGEM PARA A ESPANHA

MPE apura se conselheiro recebeu diárias internacionais a mais

Antonio Joaquim teria viajado para Europa em 2015 e recebido diárias por 14 dias; evento durou três



O Ministério Público Estadual (MPE) instaurou um inquérito civil para apurar supostos atos de improbidade administrativa cometidos pelo conselheiro afastado do Tribunal de Contas do Estado, Antônio Joaquim.


 


O conselheiro teria recebido diárias "extraordinárias" por mais de 10 dias para participar de um evento realizado na Espanha, em 2015, chamado “Juristas pelo Mundo”. No entanto, o evento teria durado apenas três dias.


 


“Instaurar inquérito civil público [...] para fins de investigação de supostos atos de improbidade administrativa [...] no ano de 2015, uma vez que o evento teria durado apenas 03 (três) dias, porém o referido Conselheiro teria recebido ao menos 10 (dez) diárias”, consta em portaria assinada pelo promotor Clóvis de Almeida Júnior.


 


O caso já havia sido denunciado à Justiça por um desafeto de Antônio Joaquim, o médico Alonso Alves Pereira. Porém foi arquivado em 2018 após Alonso desistir da ação.


 


Conforme os autos, o conselheiro - ainda em atividade - teria ido para Granada, na Espanha, participar do evento “Juristas pelo Mundo”, que ocorreu nos dias 19 e 22 de janeiro de 2015.


 


No entanto, Joaquim teria informado à Corte de Contas que o evento iria ocorrer do dia 15 ao dia 28 de janeiro de 2015, totalizando 14 dias.


 


Para isso, teria recebido dos cofres públicos o valor de R$ 23,6 mil, cerca de R$ 1,6 mil por dia, em valores da época.


 


Antônio Joaquim está afastado da Corte de Contas desde setembro do 2017. Ele e outros quatro conselheiros - Valter Albano, Sérgio Ricardo, Valdir Teis e José Carlos Novelli - foram alvos durante a 12ª fase da Operação Ararath.


 


Os conselheiros são suspeitos de terem recebido propina de R$ 53 milhões do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) para, em troca, dar pareceres favoráveis às contas do político e não colocar entraves na execução das obras da Copa do Mundo de 2014.


 


Veja também

ASSEMBLEIA Janaina conta com apoio de 10, mas crê em reeleição de Botelho à presidência
SENADOR ACom as candidaturas de Pivetta, Fávaro e Júlio, Mauro ficará neutro, afirma Botelho
LONGEVIDADE NO PODER Carvalho elogia Botelho, mas garante que Paiaguás não interfere por reeleição na AL
REGULARIZAR TRE muda prazos para regularizar quase 600 mil títulos e evitar ausências em eleição suplementar
ELEIÇÕES 2020 Zé Gazzeta oficializa apoio a Cleber Soares
LUTO Morre Benedito Caetano Botelho, pai do presidente da ALMT deputado Eduardo Botelho
Publicidade

Copyright © 2013 - 2020 Jornal O Divisor - Todos os direitos reservados